Archive by Author

A incrível contribuição dos gatos amanteigados para a ciência física

17 set

Em física, chama-se “gato amanteigado” um tipo particular de experiência de pensamento. Uma experiência é dita de pensamento quando ela não requer observação real. Mas chega de definições abstratas, vamos explicar concretamente esses gatos amanteigados.

Vamos supor duas leis da natureza, supostamente consideradas válidas no momento que iniciamos essa experiência de pensamento: A primeira lei explica que um gato sempre cai nas suas pernas. A segunda nós ensina que canapés amanteigados caem sempre do lado da manteiga, principalmente se houver um carpete caro no chão. Vamos agora fazer uma experiência de pensamento puro, a partir da pergunta seguinte: Se colarmos um canapé amanteigado nas costas de um gato (com o lado amanteigado por cima), e se jogarmos esse sistema de uma altura razoável, como cairá no chão? É fácil entender que chegamos a uma contradição. Uma das duas leis, pelo menos, não será verificada pela experiência. A partir desse momento, temos várias possibilidades que nós levarão a um progresso científico: Continue lendo

Pequena reflexão sobre o significado de “ciência”

25 set

A palavra “Ciência” possui vários significados que devem ser diferenciados, para não atribuir à ciência em geral uma crítica que seria somente válida para um deles. Continue lendo

Internet e as crenças

17 ago

Este texto é uma tradução livre do trabalho do Gérald Bronner, publicado em Science et Pseudo-Sciences (http://www.pseudo-sciences.org/) assim como na revista italiana Psicologia contemporanea, número 230, 2012.

Internet, assim como qualquer inovação tecnológica importante, gera medos e esperanças. Com ele, podemos saber em poucos instantes qual a população da Armênia ou ainda o clima que faz na Austrália. Mas, por outro lado, muitos ficam preocupados por encontrar nele muitas ideias falsas que nos afastam de uma representação razoável da realidade. Continue lendo

Fé e Razão

10 ago

Gostaria de pedir ao meu leitor de considerar favoravelmente uma doutrina que pode parecer altamente paradoxal e subversiva. A doutrina é essa: não é desejável acreditar em uma proposta quando não existe nenhuma razão de pensar que possa ser verdadeira.

(Russell 1991) Tradução livre do autor.

Continue lendo